Artistas conseguem adiar demolição de “templo do grafite” em Nova York

conjunto-de-antigas-fabricas-de-nova-york-e-transformado-em-templo-do-grafite-1382448593187_615x300

Por 20 anos, grafiteiros fizeram arte em um conjunto de fábricas abandonadas em Long Island, em Nova York. O local batizado de Five Pointz, hoje considerado a Meca para esse tipo de arte, está com os dias contados. Isso porque os donos dos prédios querem demolir as construções e colocar no local um conjunto de prédios comerciais.

Ainda há, no entanto, uma pequena esperança. Um grupo de 17 artistas conseguiu na justiça adiar a demolição em 10 dias. Com isso, os proprietários devem deixar o local intacto até o dia 28 de outubro. A intenção é que, nesse meio tempo, o grupo consiga uma liminar permanente para impedir a demolição. Eles alegam que a destruição do local prejudicaria o trabalho e a visibilidade que conquistaram com o espaço.

A advogada dos artistas, Jeannine Chanes, alega que todas as pinturas foram feitas com a permissão do proprietário do prédio e depois da lei criada para proteger as artes visuais, em 1990. Com isso, seria necessário a assinatura de todos os artistas para que a demolição acontecesse.

David Wolkoff, um dos proprietários do prédio, disse que nunca se opôs às pinturas porque os artistas nunca haviam causado problemas, mas que têm o direito de fazer o que quiserem com os prédios. “O bairro está mudando e queremos fazer o que achamos melhor para a vizinhança e para nós mesmos”.